domingo, 13 de junho de 2010

Festróia 2010: vencedores


.
Filme: Uma Espécie de Cavalheiro, de Hans Petter Moland (Noruega)
Prémio Especial do Júri: O Bater do Coração, de Saara Cantell (Finlândia)
Realizador: Hans Petter Moland, Uma Espécie de Cavalheiro (Noruega)
Actriz: Sylvia Hoeks, em A Tempestade (Holanda/Bélgica)
Actor: Stellan Skarsgard, em Uma Espécie de Cavalheiro (Noruega)
Argumento: Kim Fupz Aakeson, em Uma Espécie de Cavalheiro (Noruega)
Fotografia: Jakob Ihre, em Uma Família, de Pernille Fischer Christensen (Dinamarca)
Prémio do Público: Submarino, de Thomas Vinterberg (Dinamarca/Suécia)
Prémio Homem e a Natureza: Cartas ao Padre Jacobischer, de Klaus Haro (Finlândia)
Menção Especial: Respeita-me, de Pekka Karjalainen (Finlândia) e A Lua em Ti, de Diana Fabianóvá (Espanha/Eslováquia/França)
Prémio Câmara Municipal de Setúbal: Produtora Elephant Eyes (Estados Unidos)
Prémio Primeiras Obras: Sebbe, de Babak Najafi (Suécia/Finlândia)
Prémio FIPRESCI: Tudo o que Amo, de Jacek Borcuch (Polónia)
Prémio SIGNIS: Uma Família, de Pernille Fischer Christensen (Dinamarca)
Menção Especial: X=X+1, de Juraj Krasnohorsky (Eslováquia)
Prémio CICAE: Tudo o que Amo, de Jacek Borcuch (Polónia)
Prémio Mário Ventura: João Azevedo, Luís Lobo e Joana Cunha, pelo argumento de Sobre Vivência (Portugal) e Zvonimir Juric, pelo argumento de Lua Amarela (Croácia)
Golfinho de Ouro Carreira: Rogério Samora
.

Sem comentários:

Publicar um comentário