segunda-feira, 18 de maio de 2009

Globos de Ouro 2009... já temos vencedores

Agora que a cerimónia terminou temos finalmente os vencedores deste ano anunciados, e com eles só me deixou surpresa uma categoria.
Começando pela categoria de Melhor Filme, e apesar de ter divulgado antes da cerimónia quais as minhas apostas, que não recaíam sobre Aquele Querido Mês de Agosto de Miguel Gomes, não deixei de dar a minha ressalva à potencial e provável vitória deste filme. Afinal de contas já vem com um extenso historial de vitórias nos festivais de cinema por onde passou por este mundo fora.
A surpresa (mas não desencanto pois sou um fã) recaiu sobre o vencedor da categoria de Melhor Actor que foi Nuno Lopes no filme Goodnight Irene. Confesso, e tal como já havia relatado noutro post, que pensava que o Filipe Duarte iria levar o troféu. O filme Entre os Dedos é MUITO BOM, o actor é fantástico (Filipe... também sou fã, e espero que um troféu chegue RAPIDAMENTE), por isso surpreendeu-me. Mas fiquei contente com a vitória do Nuno, e comovido pela sua sentida homenagem a outro grande da nossa representação, o actor António Feio, a quem entregou o recebido Globo de Ouro.

Na categoria de Melhor Actriz... Alguém tinha dúvidas que a Sandra Barata Belo ia ganhar? Bom, eu não as tinha, apesar de ter ali algum temor pela presença da Catarina Wallenstein. Está muito presente agora, e é uma actriz em ascenção por isso estava com as minhas "certezas" nos 90/100 mas confirmou-se a JUSTÍSSIMA vitória da actriz no filme Amália.

Finalmente o Globo de Ouro Carreira, ou como lhe chamam agora, por Mérito e Excelência, foi para o nosso veterano realizador Manoel de Oliveira, que em nada me surpreendeu, considerando que o homem já tem 100 anos de idade, décadas de trabalho na Sétima Arte, um filme recentemente estreado, 4 Globos de Ouro já em casa e mais umas quantas nomeações merecidas por isso... era mais que evidente, e uma homenagem devidamente merecida que se junta a tantas outras que entretanto já recebeu.


E agora... Em 2010 teremos mais... Até lá!

Sem comentários:

Publicar um comentário