quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Tradición de Odiar (2012)

.
Tradición de Odiar de David Martínez é uma curta-metragem espanhola que tem como sua temática base a violência física e psicológica, independentemente da sua forma, que neste caso em concreta se centra na sua existência dentro do lar onde um homem quer, e exige, a sua mulher submissa e sem opinião e onde o seu filho homossexual é encarado como um "problema" do qual não só se quer distanciar como principalmente eliminar.
Se normalmente este género de curtas-metragens acabam por ser repetitivas e filmarem incansavelmente os mesmos aspectos da sexualidade, aqui o que torna este filme interessante é o facto de ele mostrar a violência exercida dentro do lar, o suposto único lugar no mundo onde todos se devem sentir tranquilos e protegidos, e as inúmeras formas de violência que aí podem ser, infelizmente, cometidas.
Com alguns pequenos reparos a fazer no que diz respeito à captação de som que em diversas ocasiões não é a mais perfeita, assim como alguns apontamentos sobre as interpretações que não deveriam ser tão "programadas" e mais espontâneas ao ponto de levar a execução dessa mesma violência mais literalmente e não apenas com referências ao que eventualmente aconteceu.
.
.
6 / 10
.

Sem comentários:

Publicar um comentário