sábado, 13 de outubro de 2012

Eater of the Sun (2010)

.
Eater of the Sun de Thor T. Schneider e Sindri Gretarsson é mais uma da enorme quantidade de curtas-metragens de temática pós-apocalíptica onde um jovem num mundo devastado (mas curiosamente com muito bom aspecto) tenta procurar uma cura para a doença que vitimou a sua jovem irmã e da qual também ele se encontra infectado.
Como disse, o aspecto visual da curta, especialmente o contraste de luzes e da nitidez das cores, é francamente muito vivo e forte, o que contraste claramente com a maioria dos trabalhos com esta linha condutora,não mostrando necessariamente um mundo que já ruiu mas sim algo que transborda de vida principalmente natural.
Se este aspecto é positivo, tudo o demais acaba por cair nos "erros" de muitos destes trabalhos quando não é avançada nenhuma explicação, mais ou menos coerente, para que o mundo tenha entrado num colapso do qual poucos sobreviveram.
E como se isto já não bastasse para tornar este pequeno filme bastante "tremido", não deixa igualmente de ser verdade que o facto da voz da personagem principal ser no mínimo "medonha" o torna mais apalhaçado do que credível. Tem potencial, como todas as histórias que se relacionam com o fim da Humanidade acabam por ter mas, falha em várias das principais frentes.
.
2 / 10
.

Sem comentários:

Publicar um comentário