sábado, 1 de fevereiro de 2014

M Is for Macho (2013)

.
M Is for Macho de José Pedro Lopes, também autor do argumento, é uma curta-metragem portuguesa de ficção que fora elaborada com a intenção de participar no concurso internacional The ABC's of Death 2 que consiste numa longa-metragem composta por diversas curtas do sub-género de terror numa "cronologia" alfabética que dá vida a um conjunto de histórias mais ou menos assustadoras.
Alexis (Mafalda Banquart) e Gutti (Agostinho Santos) são dois amigos que testam os seus próprios limites num jogo de basketball contra zombies. Se Alexis testa os seus limites passando pelos mortos-vivos sem os incomodar, Gutti não resiste a uma pequena provocação que poderá não correr como ele espera trazendo-lhe uma inesperada surpresa.
Competente e a cumprir os objectivos que se esperam de uma história do género, não deixa de ser verdade que os breves três minutos de duração de M Is for Macho não chegam para explorar todo o universo em que este género se insere e, com a comédia a que se propõr, poderia contar um pouco mais daquilo que acontece (ou aconteceu) para lá dos limites do campo onde praticam o seu desporto assumindo um lugar confortável nos filmes do género em Portugal que, por muito tentado que esteja nem sempre resulta nos melhores trabalhos. Aqui, além da originalidade do meio em que a acção decorre, M Is for Macho apresenta também um toque de comédia ligeiro e eficaz que nos faz querer saber mais deste "mundo" mesmo que no final a fórmula nos desvende que numa situação de crise o melhor é não nos deixarmos levar por actos menos seguros.
.

.
7 / 10
.

Sem comentários:

Publicar um comentário