quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

O Milagre (2011)

.
O Milagre de Amadeu Pena da Silva é uma curta-metragem portuguesa que nos relata um instante na vida de Cristo (José Fidalgo), um vendedor ambulante de peixe que sente as dificuldades da vida quando o seu trabalho reflecte os tempos de crise em que vivemos.
No entanto, nesse mesmo dia de venda numa qualquer aldeia perdida do Douro, de seu nome Las Veigas, tem uma revelação quando se cruza com a neta de um dos seus clientes que o confunde com Jesus, facto que o leva a reconsiderar toda a sua vida.
O argumento de Andreia Leandro é perspicaz nos pequenos detalhes que dão a esta curta-metragem uma graça e vida muito próprias, começando logo de imediato pelos nomes e personagens que a povoam. O pescador Cristo, a Irmã Maria (Sandra Barata Belo), um pastor (André Nunes) e como oposto ao lado do "Bem", temos toda uma acção que toma lugar numa aldeia chamada Las Veigas que, como reflexo dos potenciais comportamentos dos seus habitantes poderia ser um qualquer antro de perdição.
Com uma produção fotográfia de Pedro Negrão que merece o devido destaque e que transforma pelas suas luzes (ou ausência delas) este ambiente como se se tratasse de um qualquer lugar perdido no tempo e no espaço e transformando também assim as personagens que o povoam como únicas e, apesar dos seus nomes, não tão inocentes como se poderia inicialmente pensar.
Aqui O Milagre não é só o da multiplicação dos peixes que vão assim alimentar toda uma população carenciada, como também éo de uma inesperada bondade na qual Cristo nunca havia pensado e que ilustra, infelizmente, um dos males maiores da sociedade e dos dias que atravessamos... a pobreza.
.
.
7 / 10
.

Sem comentários:

Publicar um comentário