quarta-feira, 16 de maio de 2012

Time to Shine, Mr. Walter! (2012)

.
Time to Shine, Mr. Walter de Johannes Sandreyo é uma curta-metragem que reflete sobre os amores perdidos e as memórias que deles ficam numa altura em que a vida deixa de fazer sentido e em que a solidão é uma presença constante.
Quando um homem resolve pôr um fim à sua solitária vida, recorda o único grande amor que teve, como o fazia sentir feliz e como desde então nada mais fez sentido. É quando desiste da ideia de suicídio que volta a ter notícias sobre esse grande amor que o faz voltar a ter vontade de aproveitar a vida e ser finalmente feliz.
Esta curta-metragem não só tem uma temática já bastante recorrente não devendo assim nada à originalidade, como também não consegue ser convincente na sua única interpretação de relevo, ao não conseguir criar qualquer tipo de empatia entre a mesma e nós enquanto público.
Tenta ser poético sem o ser à custa da recordação de algo do passado que torna vivo e presente o amor que se teve e perdeu, e sentimos que tudo está a ser filmado como se de um trabalho que tem de ser entregue com urgência se tratasse.
As intenções podem lá estar mas, em última análise, não passa de mais um trabalho com uma temática muito característica que se pretende apenas para um público alvo muito específico e, mesmo para esse, duvido que seja um trabalho que consiga reunir algum conjunto de fãs.
.
2 / 10
.

Sem comentários:

Publicar um comentário