sexta-feira, 5 de junho de 2015

Totally Free (2015)

.
Totally Free de Daniel Soares é um documentário em formato de curta-metragem português filmado em San Francisco na Califórnia e que retrata um conjunto de pessoas que de forma mais ou menos anónima se encontram e reunem num jardim onde fazem livre de preconceitos aquilo que mais os faz sentir livres... patinar.
Sem qualquer tipo de expectativas sobre o que fazer ou tão pouco como o fazer para impressionar os demais que ali se encontram, cada uma daquelas pessoas tem um único propósito... descontrair de uma vida que pode, por vezes, ser complicada e entregando-se apenas a uma sensação de total descontracção e liberdade.
Num ritmo colorido e com uma coreografia quase programada Totally Free é, no entanto, o registo de um conjunto de pessoas que curiosamente se unem pelo seu intenso desejo de liberdade - social, económica, cultural, profissional (...) - e que encontram os seus pares através de uma actividade lúdica e desportiva que praticam como se de uma tribo se tratassem e que apenas encontra semelhanças com o período em que, enquanto jovens crianças, todos fazíamos aquilo que nos fizesse sentir bem e especiais independentemente do que os demais pudessem achar sobre os nossos actos num exercício de plena libertação de preconceitos e noções sobre o socialmente "correcto", de quem ou como se é.
Num mundo repleto de pessoas pouco interessantes mas que têm protagonismo, porque não entregá-lo àqueles que têm realmente algo a contar? Este é um pensamento expresso pelo realizador numa entrevista e que, no fundo, resume muito a essência de Totally Free... Todas aquelas pessoas têm a sua história, os seus porquês e os motivos que os levam ali àquele lugar onde se reunem e libertam das noções pré-concebidas pelos demais. Com este mini-documentário o realizador permite ao espectador sonhar sobre as suas possibilidades e ambições tal como aquelas dos que são ali representados.
.

.
"Just listen to your heart."
.
8 / 10
.

Sem comentários:

Publicar um comentário