sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Night Will Fall (2014)

.
A Noite Cairá de André Singer é um documentário britânico elaborado a partir das imagens filmadas aquando do fim da Segunda Guerra Mundial por Alfred Hitchcock e Sidney Bernstein sobre a libertação dos campos de concentração alemães.
Julgado perdido durante décadas Night Will Fall é um relato cru que recorre não só às referidas gravações dos dois realizadores britânicos mas também a alguns testemunhos dos intervenientes principais, ou seja, alguns dos militares que estiveram presentes na libertação dos campos, alguns sobreviventes e os repórteres que acompanharam em primeira mão estes acontecimentos.
Germany Concentration Camps Factual Survey era o título original do registo documental feito no imediato pós-guerra em que um variado conjunto de profissionais do jornalismo e também do exército recolheram sobre os campos de extermínio alemães e que eram, segundo os relatos, por vezes desconhecidos das populações circundantes. Este potencial documentário ficou, devido a circunstâncias meramente políticas, esquecido durante setenta anos. Razões estas que derivaram da divisão da Europa em dois blocos muito concretos - pró-americano e pró-soviético - e que apenas poderiam - segundo os poderes de então - incendiar as reacções relativamente à já complicada questão das "duas Alemanhas". Para quê - questionaram-se - massacrar mais um país que estaria a pagar não só socialmente com a ostracização a que estava vetada como também economicamente pois todo o país estava literalmente em ruínas com os bombardeamentos aliados e com a destruição que foi deixada pela então ditadura nazi.
O importante conjunto de imagens em movimento e testemunhos que nos são deixados são - com falta de melhor palavra - impressionantes. Impressionantes pelo macabro, pelo horror, pelo sadismo e pelo estado em que o Homem condena o seu semelhante à mais básica condição de humilhação e degradação de que alguma vez algum de nós poderia imaginar. Como alguns dos relatos daqueles que lá chegaram em primeiro lugar referem, algumas destas imagens não poderiam melhor exemplificar aquilo que os escritos elaboram sobre o Inferno.
Night Will Fall leva o espectador a uma viagem não só pelas imagens da época que mostram o horror que os campos de concentração nazis escondiam, mostram a degradação humana daqueles que foram forçados a povoá-los, os testemunhos de alguns dos principais intervenientes e ainda as sentidas palavras de alguns dos seus sobreviventes que vivem ainda hoje. Mostra-nos ainda as tentativas de Hitchcock e Bernstein de fazerem com que o mesmo conseguisse ver a luz da sua exibição e, por sua vez, os esforços controladores que o conseguiram esconder sem esquecer claro, todas as questões políticas que aos poucos iam sendo levantadas com o horror explícito das suas imagens e que, de forma mais suavizada, foram reveladas com o documentário em curta-metragem Death Mills, de Billy Wilder (1945) - realizador também ele de fé judaica e que saíra da Europa.
De Bergen Belsen a Dachau sem esquecer Auschwitz, Night Will Fall é um intenso relato que deixa o espectador perfeitamente silencioso perante o horror que lhe chega através das mais brutais e desumanas imagens de um dos mais negros períodos da História da Humanidade. Um documentário que deveria servir como plataforma de conhecimento e ensino e não ser esquecido numa qualquer prateleira.
.

.
"Voz-off: Unless the world learns the lessons this piece will teach... night will fall."
.
10 / 10
.

Sem comentários:

Publicar um comentário