segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Hipoglucemia (2015)

.
Hipoglucemia de Mercedes R. Bodero e Jesús Cantón é uma curta-metragem espanhola de ficção que relata um pequeno mas decisivo momento na vida de um casal onde as redes sociais virtuais e a desconfiança se cruzam de forma fatal.
Ao ler de forma mais ou menos acidental as conversas que a sua mulher mantém numa rede social, um marido suspeita que a mulher enriqueceu com a lotaria e que não só se prepara para o abandonar agora que está doente como também irá a correr para os braços de outro homem.
Original pela sua construção como um filme de tempos idos onde as expressões corporais e faciais representavam todo um mundo de emoções, Hipoglucemia perde pela previsibilidade da história e elementos já comuns em diversos filmes do género. Facilmente perceptível a desconfiança e a suspeita que, de braços dados, encaminham o espectador para um suposto rumo que este percebe não ser correcto, esta curta-metragem espanhola perde-se com um conjunto de interpretações bem intencionadas mas frágeis na sua génese.
A já referida previsibilidade e todo um conjunto de lugares comuns já muito explorados - da suposta traição à morte e desta a uma vida de sonho que um não irá cumprir -, Hipoglucemia apresenta-se mais como um trabalho ensaio com alguns elementos técnicos bem construídos mas que, ainda assim, não conseguem elevar o trabalho final a uma curta-metragem que consiga explorar a sua mensagem no seu âmago com alguma originalidade.
.
4 / 10
.

Sem comentários:

Publicar um comentário