domingo, 30 de outubro de 2011

Verónica (2010)

.
Verónica de António Gonçalves e Ricardo Oliveira é mais uma das curtas que passou no Córtex 2011 e que nos transporta para um pequeno hotel de estrada gerido por um pequeno traficante de droga. O ambiente que se sente tenso apenas vai pior quando chegam duas mulheres que vão pernoitar por ali levando a uma desfecho que nenhum deles esperava.
Além das interpretações que a meu ver estão irrepreensíveis e deixam uma alegre sensação de frescura por ver caras novas no cinema nacional, os meus parabéns a João Craveiro, a Patrícia André e a Oceana Basílio, há também que dizer que esta história tinha pernas para andar muito mais além dos seus 18 minutos e que estes deixam uma sensação de amargo por não terem de facto durado mais.
Igualmente irrepreensível é a fotografia de Vasco Viana bem como os planos, para mim extremamente profissionais, deste dois realizadores que, pelo que me parece, têm este trabalho como um projecto de universidade. Se assim é, espero ansiosamente pelos próximos trabalhos ditos profissionais de ambos pois serão com certezas muito boas obras cinematográficas.
.
6 / 10
.

Sem comentários:

Publicar um comentário