quarta-feira, 2 de novembro de 2016

European Film Awards - European Achievement in World Cinema 2016

.
Depois de em 2015 ter atribuído o European Achievement in World Cinema a Christoph Waltz, a Academia Europeia de Cinema divulgou ontem que Pierce Brosnan seria o vencedor deste troféu em 2016.
.
.
O EFA - European Achievement in World Cinema é atribuído como "reconhecimento de uma rica e extensa carreira enquanto actor e produtor".
Com uma carreira que se estende do teatro à televisão, Brosnan destaca-se no cinema onde se iniciou em 1980 com o filme The Long Good Friday, de John Mackenzie e The Mirror Crack'd, de Guy Hamilton. Depois de um intenso sucesso televisivo entre 1982 e 1986 onde interpretou "Remington Steele" na série homónima, Brosnan regressaria em 1986 ao grande ecrã com Nomads, de John McTiernan e em 1987 a uma nova interpretação cinematográfica em The Fourth Protocol, de Mackenzie, Taffin (1988), de Francis Megahy, The Deceivers (1988), de Nicholas Meyer, Mister Johnson (1990), de Bruce Beresford, The Lawnmower Man (1992), de Brett Leonard, Live Wire (1992), de Christian Duguay, Entangled (1993), de Max Fischer, Mrs. Doubtfire (1993), de Chris Columbus e Love Affair (1994), de Glenn Gordon Caron mas foi em 1995 que Brosnan conseguiu dar corpo a "James Bond", uma das personagens mais emblemáticas da Sétima Arte, através de GoldenEye, de Martin Campbell, personagem que voltaria a encarnar em Tomorrow Never Dies (1997), de Roger Spottiswoode - pelo qual recebeu uma nomeação ao European Film Award -, The World Is Not Enough (1999), de Michael Apted e na sua última entrega enquanto 007, Die Another Day (2002), de Lee Tamahori.
Interpretando-se a si próprio em The Desappearance of Kevin Johnson (1996), de Francis Megahy, Brosnan participaria ainda em The Mirror Has Two Faces (1996), de Barbra Streisand, Mars Attacks! (1996), de Tim Burton, Dante's Peak (1997), de Roger Donaldson, Robinson Crusoe (1997), de Rod Hardy e George Miller, The Nephew (1998), de Eugene Brady, a longa-metragem de animação Quest for Camelot (1998), de Frederik Du Chau, The Thomas Crown Affair (1999), de John McTiernan, The Match (1999), de Mick Davis, Grey Owl (1999), de Richard Attenborough, The Tailor of Panama (2001), de John Boorman e Evelyn (2002), de Bruce Beresford.
Após sete anos em que o seu nome representou o rosto do agente secreto a serviço de Sua Majestade, Brosnan regressaria ao cinema em 2004 com Laws of Attraction, de Peter Howitt e After the Sunset (2004), de Brett Ratner, The Matador (2005), de Richard Shepard - filme que lhe valeu uma nomeação ao Globo de Ouro como Melhor Actor de Comédia - Seraphim Falls (2006), de David Von Ancken, Butterfly on a Wheel (2007), de Mike Barker, Married Life (2007), de Ira Sachs, o mega sucesso de bilheteira Mamma Mia! (2008), de Phyllida Lloyd, The Greatest (2009), de Shana Feste, Percy Jackson & the Olympians: The Lightning Thief (2010), de Chris Columbus - com quem havia trabalho 17 anos antes - The Ghost Writer (2010), de Roman Polanski, Remember Me (2010), de Allen Coulter, Salvation Boulevard (2011), de George Ratliff, I Don't Know How She Does It (2011), de Douglas McGrath, Den Skaldede Frisør (2012), de Susanne Bier, The World's End (2013), de Edgar Wright, The Love Punch (2013), de Joel Hopkins, A Long Way Down (2014), de Pascal Chaumeil, The November Man (2014), de Roger Donaldson, How To Make Love Like an Englishman (2014), de Tom Vaughan, Survivor (2015), de James McTeigue, No Escape (2015), de John Erick Dowdle, A Christmas Star (2015), de Richard Elson, Urge (2016), de Aaron Kaufman e I.T. (2016), de John Moore.
Vencedor de dois IFTA's na sua Irlanda natal - Melhor Actor Secundário por The Ghost Writer em 2011 e Outstanding Irish Contribution to Cinema em 2004 - Brosnan tem ainda por estrear The Foreigner (2016), de Martin Campbell, The Only Living Boy in New York (2017), de Marc Webb, The King's Daughter (2017), de Sean McNamara, Final Score (2017), de Scott Mann e Across the River and Into the Trees (2017), de Martin Campbell numa carreira que se destaca também enquanto produtor de muitos dos filmes que interpretou.
A Academia Europeia de Cinema termina o seu comunicado referindo que o European Achievement in World Cinema é entregue a Brosnan pela sua "impressionante dedicação ao cinema" na cerimónia que se irá realizar em Wroclaw - Capital Europeia da Cultura 2016 -, na Polónia no próximo dia 10 de Dezembro.
.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário