domingo, 20 de novembro de 2016

Senhor Jaime (2016)

.
Senhor Jaime de Cláudio Sá é uma curta-metragem portuguesa de animação presente na Selecção Oficial - Em Competição da XXII edição do Caminhos do Cinema Português que decorre em Coimbra até ao próximo dia 26 de Novembro.
O Senhor Jaime é um homem idoso que passa as horas dos seus dias a ler. As personagens dos livros são os seus melhores amigos e com eles enceta viagens e aventuras. Mas, no entanto, uma altura chega em que não distingue livros e as suas personagens deixando-se apenas levar pelas sensações e mundos que estas lhe proporcionaram.
Ruy de Carvalho dá voz - e de certa forma "corpo" - à personagem criada por Cláudio Sá naquele que é o imaginário perfeito de um conto de embalar. Senhor Jaime é uma história gentilmente romanceada sobre o fim - próprio -, sobre as memórias que povoam uma mente que sente ter o seu tempo "contado" mas que encontra um reconfortante espaço nas memórias que os seus melhores amigos - os livros - lhe proporcionaram. Das aventuras percorridas numa idade mais jovem às viagens que encetou por mundos nunca sonhados, o "Senhor Jaime" vive uma tranquilidade que sente fruto de uma vida preenchida e bem vivida. Quase sem deixar um rasto da sua presença, uma réstia da sua memória - enquanto ser - é apenas partilhada como que um legado que "inocentemente" transmite àqueles que ficam no mundo que ocupou até então...
Senhor Jaime é, no fundo, o relato de uma viagem que é a vida, das experiências que criamos, dos momentos vividos, das memórias que deixamos - ao nosso "eu" e aos demais - e essencialmente da paz sentida naquele último momento que define a passagem para um outro lugar que desconhecemos.
Como uma magia, mas na realidade o fiel retrato de uma vida e de uma memória experimentada, Senhor Jaime é assim o mais recente trabalho de Cláudio Sá, um criativo jovem realizador e animador português, que aqui dirige uma história afectiva sobre a história de um imaginário passado e sobre a tranquilidade sentida num momento de transição para o tal lugar onde habitam os sonhos e os mundos imaginados durante toda essa aventura que é a vida.
.
8 / 10
.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário