quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Lovefield (2008)

.
Lovefield de Mathieu Ratthe é uma curta-metragem canadiana que mistura vários estilos desde o suspense ao terror passando pelo drama, conseguindo terminar com uma surpreendente twist final que é, assumo, completamente inesperado depois daquele que é um ambiente bastante tenebroso.
Um campo cultivado. Um homem. Uma mulher. Uma faca. Sangue. Os elementos essenciais para antevermos um pequeno filme de terror que nos pode gelar de medo pois não é uma qualquer ficção. Mas, será que tudo aquilo que aparentemente vemos é mesmo a realidade, ou será que estamos automaticamente preparados para esperar o pior?
Interessante pela sua premissa que nos leva a suspeitar de imediato de tudo o que se passa, e pelo ambiente que tensão e suspeita que consegue recriar bem como pelo próprio espaço onde a acção se desenrola, esta curta-metragem é uma agradável surpresa que não se deve deixar passar sem ver.
E os excelentes momentos finais valem por todo o trabalho que vemos antes. Uma daquelas curtas que é imperdível.
.
8 / 10
.

Sem comentários:

Publicar um comentário