terça-feira, 5 de junho de 2012

A Armada - Nos Bastidores da Verdade (2011)

.
A Armada - Nos Bastidores da Verdade de Alexandre Azinheira é uma curta-metragem mockumentary feita para retratar os dias da primeira banda Hard-Rock-Metal portuguesa que teve a sua fundação em 1978 "ali para os lados da rua do Cinebolso".
A genialidade desta curta-metragem começa pelo facto de se apresentar muito séria com o propósito de relatar o aparecimento desta banda que revolucionou a vida de toda uma geração desde os mais "chungas" aos mais "betos". Para aqueles que de nós são apanhados de surpresa, ela começa a funcionar mais como um documento histórico, onde é contextualizada toda uma época, do que propriamente uma curta-metragem de comédia.
É quando aparecem os seus intervenientes e personagens mais ou menos bizarras que começamos a perceber a real dimensão deste trabalho e quão genialmente concebido ele está. A capacidade de criação de um conjunto de personagens que, por muito que não queiramos, nos parecem até bastante "familiares", é de facto muito boa e muito bem conseguida. A ex-groupie, os ex-fãs e aqueles que foram de uma ou outra forma influenciados e marcados por esta banda só poderia ser suplantado pelos próprios membros da mesma.
A descrição feita de Drum Drum, do Matos, do Pires e do Rosa à época e nos nossos dias onde são tudo menos cópias ou lembranças de '78 é no mínimo genial. Ao olharmos para o antes e o depois não poderíamos ter dois retratos mais díspares da realidade que, no fundo, é comum àqueles quatro homens. De ex-ídolos metal a contabilista, cantor popular, pregador e "tio" de Vilamoura, estes quatro tipos têm sempre na sua essência algo que os apela a voltar aos seus princípios "metal".
Genial curta-metragem com uma originalidade ímpar e uma comédia despreocupada mas muito eficaz que nos cativa desde os primeiros instantes. Se o cinema português não vai mais longe, não é pela falta de originalidade pois essa está à vista de todos nós, e do realizador só posso esperar pelo próximo trabalho.
.
.
"Narrador: Do Palheirinho para o Mundo."
.
8 / 10
.

Sem comentários:

Publicar um comentário