domingo, 15 de janeiro de 2012

Café com Leite (2007)

.
Café com Leite de Daniel Ribeiro é uma extraordinária curta-metragem brasileira que foi há dias enviada para o mail oficial para ser vista. E em boa hora chegou porque tudo o que é de qualidade é muito bem-vindo.
Toda a acção desta curta se desenrola em torno de três personagens. Dois irmãos e o namorado do mais velho. O casal homossexual pretende fazer a sua vida independentes da respectiva família quando um deles descobre que os seus pais morreram num acidente e que tem agora a seu encargo o irmão ainda menor.
Enquanto se adaptam às suas novas vidas onde a dinâmica familiar se alterou drasticamente, o casal começa a distanciar-se enquanto que a relação entre os dois irmãos começa a ser cada vez mais próxima e afectiva.
Aquilo que mais me agradou nesta curta foi o facto de dar uma nova abordagem às constantes alterações que o mundo atravessa, especialmente através do olhar que se dá a um novo tipo de família até agora muito pouco discutido. Não só pelo facto de ser inicialmente um casal homossexual como, principalmente pelo facto de ser um irmão que há pouco entrou numa idade adulta a tratar de um ainda criança.
Olhar este que acima de qualquer julgamento ou intenção, centra a sua dinâmica toda na relação existente entre aquelas duas pessoas que de uma ou outra forma se completam e preenchem as suas próprias vidas criando assim um ambiente familiar fora do normalmente estabelecido mas que se sente tão ou mais forte do que qualquer outro.
Não só a realização de Daniel Ribeiro é irrepreensível como os demais aspectos técnicos deste o argumento à fotografia mas também há que referir que muito do êxito desta curta se deve à interpretação dos três actores principais, Daniel Tavares, Diego Torraca e Eduardo Mello, que encarnam de corpo e alma o espírito que se pretende alcançar com este filme ao ponto de o tornar numa sensível e muito bem contada história que é, mais do que qualquer outra coisa, uma história sobre sentimentos e laços afectivos.
.
.
.
9 / 10
.

Sem comentários:

Publicar um comentário