quinta-feira, 9 de abril de 2015

Encontro Amigavel (2014)

.
Encontro Amigável de Cristiano Requião é uma curta-metragem de ficção brasileira exibido na secção competitiva de curtas-metragens do FESTin - Festival de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa a decorrer no Cinema São Jorge, em Lisboa.
Imagens das violentas manifestações que assolaram o Brasil. Um jornalista e blogger recebe um convite para entrevistar alguns dos elementos da polícia de intervenção que participam nas manifestações. Aquilo que deveria ser um encontro amigável rapidamente ganha contornos mais profundos e preocupantes que escapam - potencialmente - das mãos do desprotegido jornalista. Ou talvez não!
Inspirado nas já referidas violentas manifestações que assolaram o Brasil nos últimos anos, Encontro Amigável transforma-se na imediata parábola dos tempos modernos onde a liberalização dos meios de comunicação social - nomeadamente jornais online e blogs noticiosos - partilham uma informação não editada dos acontecimentos à medida que os mesmos se sucedem a um ritmo constante. É, no entanto, esta mesma liberalização que leva as forças de segurança a tutelá-las na sombra para prevenir e identificar aqueles que não só propagam estas informações como principalmente as iniciam sabendo de antemão onde se encontros os eventuais focos revoltosos que incendeiam as ruas da cidade.
Mas, o que aconteceria se estas forças da lei recorressem a meios pouco aceitáveis de conter não só a informação como a liberdade associativa da manifestação?! O que aconteceria se, para as conterem, se vissem obrigados a exercer o tal abuso de poder que tão constantemente tentam desmentir e modelar as liberdades individuais de uns e o conhecimento e acesso à informação de todos?
Assim fica no ar a eterna questão sobre quem está realmente do lado certo dos acontecimentos - se é que existe algum - onde aqueles que divulgam e por vezes incitam à escalada da violência ou se aqueles que convocados para a conter também a propagam para dar continuidade a um ciclo vicioso que se perpetua ao ponto de ninguém ter razão.
Com interpretações interessantes - principalmente por parte do grupo de policias pouco dados a coisas da lei - Encontro Amigável só peca por um argumento que parece estruturado demais para dar um ritmo mais fluído e espontâneo a uma história que se pretendia verdadeiramente tensa desde o primeiro instante. Com um enredo actual e bem presente e uma história que cruza a liberdade e a sua relação com a lei, esta curta-metragem brasileira poderia ter sido um marco no género pela forma inteligente como se presta a apontar o dedo às várias faces da lei a tudo disposta para sobreviver e àqueles que sistematicamente a desrespeitam levando ao extremo as suas manifestações nem sempre "controladas".
No final só resta ao espectador uma simples questão... Quem tem, afinal, o dom da razão?
.

.
6 / 10
.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário