sábado, 17 de dezembro de 2011

One Last Chance (2004)

.
Uma Última Chance de Stewart Svaasand é uma simpática comédia cuja acção decorre na Escócia e onde um grupo de amigos entra numa corrida fictícia ao ouro como forma de poderem pagar algumas das suas despesas não sabendo que o verdadeiro valor já estava, literalmente, nas suas mãos.
Pelo caminho, e como não poderia deixar de ser, as confusões são o factor dominante de todo o filme. Ouro que não o é, mortes acidentais, famílias disfuncionais, vidas interrompidas e acima de tudo, o mais importante, a amizade sempre presente entre um grupo de amigos que se pode dizer, inseparável.
O filme é simpático e baseia essencialmente a sua simples mensagem nos laços que se criam com os amigos, como eles perduram e a forma como através das adversidades conseguem sobreviver. Transporta-nos igualmente para um local que está aos poucos a ser despovoado e onde casas e estabelecimentos já pouco ou nada e ninguém têm.
É uma comédia simpática. Simples e com um argumento linear que não se tenta enrolar com muitos enredos ou pontas soltas. Por um lado joga a seu favor tornando a sua pequena história simples. Por outro, a inexistência de um desenvolvimento das suas personagens faz com que não avance para lado nenhum limitando-se a simplesmente contar uma história como se de um dia normal da vida daquelas personagens se tratasse.
Simpático e de fácil visualização, contém ainda uns interessantes planos naturais que fazem valer alguns dos momentos do filme. Vê-se facilmente e, ao mesmo tempo, acaba por não se tornar num filme do qual guardemos grandes recordações.
.
6 / 10
.

Sem comentários:

Publicar um comentário