domingo, 24 de novembro de 2013

Festival Internacional de Cine de Mar del Plata 2013: os vencedores

.
PRÉMIOS OFICIAIS
Astor de Oro - Filme: La Jaula de Oro, de Diego Quemada-Diez
Astor de Plata - Realizador: Mariana Rondón, Pelo Malo
Astor de Plata - Argumento: Mariana Rondón, Pelo Malo
Astor de Plata - Actor: Vincent Macaigne, La Bataille de Solférino
Astor de Plata - Actriz: Marian Álvarez, La Herida
Astor de Plata - Prémio Especial do Júri: Little Feet, de Alexandre Rockwell
Menção Especial: The Bright Day, de Hossein Shahabi
Prémio Cinecolor Voto do Público: La Jaula de Oro, de Diego Quemada-Diez
Melhor Filme Latino-Americano: Los Insólitos Peces Gato, de Claudia Sainte­Luce
Menção Especial: Las Niñas Quispe, de Sebatián Sepúlveda
Melhor Curta-Metragem Latino-Americano: Nadie Especial, de Juan Alejandro Ramírez
Melhor Filme Argentino: La Utilidad de un Revistero, de Adriano Salgado
Melhor Realizador de Filme Argentino: Ada Frontini, Escuela de Sordos
Melhor Curta-Metragem Argentino: Espacio Personal, de Natural Arpajou
Melhor Realizador de Curta-Metragem Argentina: Mariano Luque, Sociales
Prémio Work in Progress - Melhor Projecto: El Patrón, de Sebastián Schindel
Prémios Extras: Miramar, de Fernando Sarquís e Necrofobia, de Daniel de La Vega
Menções Honrosas: Yo Sé lo que Envenena, de Federico Sosa e Cancha 3, de Jorge Leandro Colás
.
PRÉMIOS PARALELOS
Prémio MOVIECITY - Melhor Filme Argentino em Competição: Choele, de Juan Sasiaín
PRÉMIO DAC - Melhor Realizador Argentino em Competição: Adriano Salgado, La Utilidad de un Revistero
Prémio FIPRESCI - Melhor Filme da Competição Latino-Americana: Penumbra, de Eduardo Villanueva
Prémio Melhor Filme Argentino da Secção Panorama: El Crítico, de Hernán Guerschuny
Prémio Asociación de Cronistas Cinematográficos de la Argentina - Melhor Filme da Competição Internacional: La Jaula de Oro, de Diego Quemada-­Diez e Fantasmas de la Ruta, de José Campusano
Prémio ADF de Melhor Fotografía Competição Internacional: La Jaula de Oro, de Diego Quemada­-Diez
Prémio ARGENTORES - Melhor Argumento Argentino: José Campusano, por Fantasmas de la Ruta
Prémio Ventana Sur - Melhor Filme da Secção Venas Abiertas: Videoclub, de Pablo Illanes
Prémio SADAIC - Melhor Música de Filme Argentino em Competição: Choele, de Juan Sasiaín
Prémio do Sindicato de la Industria Cinematográfica - Premio “Tato Miller”: El Vals de los Inútiles, de Edison Cájas
Prémio PATACON de SAGAI Actor e Actriz Revelação em Filme Argentino: Manuela Piqué, Liberen a García e José Manuel Espeche, Polvareda
Prémio Melhor Montagem de Filme Argentino pela Sociedad Argentina de Editores: Maravilla, Un Luchador Adentro y Afuera del Cuadrilátero, de Juan Pablo Cadaveira
Prémio de Melhor Filme da Secção Banda Sonora Original: El Blues de los Plomos, de Gabriel Patrono e Paulo Soria
Prémio MAR DE CHICOS  do Júri Infantil à Melhor Curta-Metragem: Juegos de Guerra, de Bruno Scopazzo
Menções Especiais: El Gatito, de Pablo Sicialiano e Modesta Historia de un Suntuoso Derrochón, de Gonzalo Rimoldi
PRÉMIO FEISAL - Melhor Filme em Competição de um Realizador Latino-Americano até 35 anos: Las Analfabetas, de Moisés Sepúlveda
PRÉMIO SIGNIS: La Jaula de Oro, de Diego Quemada-­Diez
Menção Especial: Fantasmas de la Ruta, de José Campusano
Melhor Trailer: Emiliano Serra, por La multitud, de Martín Oesterheld
Melhor Cartaz: Martin Lehmann por Mika, Mi Guerra de España, de Fito Pochat e Javier Olivera
Melhor Ensaio Cinematográfico: Alejandro Kelly, por “Aprendiendo a vivir. Familia y sociedad en el cine de ingenuas”
.

Sem comentários:

Publicar um comentário