sábado, 21 de maio de 2016

Nocturna (2015)

.
Nocturna de Pedro Farate é uma curta-metragem portuguesa de ficção que em breves minutos mescla uma potencial transgressão a um encontro sobrenatural numa escola deserta... e durante a noite.
Ele entra na escola. Percorre os seus corredores e os seus espaços numa aparente busca incerta. É quando parece desistir que Ela aparece.
Num misto de filme de terror naquele que é um ambiente típico dos filmes do género... espaços desertos mas cheios de uma vida ausente durante uma noite escura e de filme sobrenatural com a presença de alguém já desaparecido que regressa para confirmar um amor que não encontra barreiras.
Sempre num silêncio cortante, Nocturna que se inicia com uma atmosfera de suspense e de mistério, termina com a vontade de confirmar um amor vivido, perdido e sofrido onde toda a viagem pelo interior daquela escola se revela, afinal, como os espaços comuns entre um jovem casal que - por motivos desconhecidos - se viu repentinamente separado.
Com a necessidade de se desenvolver para lá do formato argumentativo já conhecido, Nocturna capta um interessante estilo e noção de espaço - a escola que estando deserta durante a noite parece conter a alma de todos aqueles que durante o dia lá permanecem - mas peca pelo desfecho sobrenatural que depois de visto... se transforma em algo esperado.
.
4 / 10
.

Sem comentários:

Publicar um comentário