domingo, 8 de fevereiro de 2015

BAFTA 2015: os vencedores

.
Filme: Boyhood, de Richard Linklater e Cathleen Sutherland
Filme Britânico: The Theory of Everything, de James Marsh, Tim Bevan, Eric Fellner, Lisa Bruce e Anthony McCarten
Documentário: Citizenfour, de Laura Poitras, Mathilde Bonnefoy e Dirk Wilutzky
Filme de Animação: The Lego Movie, de Phil Lord e Christopher Miller
Curta-Metragem: Boogallo & Graham, de Brian J. Falconer, Michael Lennox e Ronan Blaney
Curta-Metragem de Animação: The Bigger Picture, de Chris Hees, Daisy Jacobs e Jennifer Majka
Filme em Língua Não-Inglesa: Ida, de Pawel Pawlikowski, Eric Abraham, Piotr Dzieciol e Ewa Puszczynska (Polónia)
Realizador: Richard Linklater, Boyhood
Actor: Eddie Redmayne, The Theory of Everything
Actriz: Julianne Moore, Still Alice
Actor Secundário: J. K. Simmons, Whiplash
Actriz Secundária: Patricia Arquette, Boyhood
Rising Star: Jack O'Connell
Revelação Britânica: Stephen Beresford (argumentista) e David Livingstone (produtor), Pride
Argumento Original: The Grand Budapest Hotel, Wes Anderson
Argumento Adaptado: The Theory of Everything, Anthony McCarten
Montagem: Whiplash, Tom Cross
Fotografia: Birdman or (The Unexpected Virtue of Ignorance), Emmanuel Lubezki
Música Original: The Grand Budapest Hotel, Alexandre Desplat
Guarda-Roupa: The Grand Budapest Hotel, Milena Canonero
Caracterização: The Grand Budapest Hotel, Frances Hannon e Mark Coulier
Design de Produção: The Grand Budapest Hotel, Adam Stockhausen e Anna Pinnock
Efeitos Visuais: Interstellar, Paul Franklin, Scott Fisher, Andrew Lockley e Ian Hunter
Som: Whiplash, Thomas Curley, Ben Wilkins e Craig Mann
Carreira: Mike Leigh
Contribuição Britânica para o Cinema: BBC Films
.

Sem comentários:

Publicar um comentário