sábado, 14 de fevereiro de 2015

Não são Favas, são Feijocas (2013)

.
Não são Favas, são Feijocas de Tânia Dinis é um documentário em formato de curta-metragem português que esteve presente na secção competitiva nacional do Córtex - Festival de Curtas-Metragens de Sintra.
A realizadora deste simpático documentário - actriz de formação - afasta-se da sua faceta interpretativa dando lugar ao registo por detrás da câmara da vida da sua própria avó que filmada na privacidade da sua casa mais não é do que uma real e genuína alma ou, arrisco dizer, uma força da Natureza lúcida e capaz de se ver a si própria.
Com uma gravação inicial de imagens que foram de seguida reveladas à sua interprete, Não são Favas, são Feijocas é o registo da reacção daquela "avó" ao seu próprio eu. Possuídora de uma língua afiada e muito bem disposta, estes momentos - que apenas escutamos por entre gargalhadas sem nunca ver as suas reacções pós-gravação - recordam a muitos a sua própria avó num registo de simplicidade e genuinidade que são desarmantes.
Não são Favas, são Feijocas ultrapassa a missão enquanto um banal documentário "familiar" colocando o espectador no seio de uma convivência cúmplice entre uma avó e a sua neta mantendo a percepção de que estamos perante uma mulher maior que a própria vida... uma mulher que apesar da sua avançada idade está cheia de energia, de garra e de uma lucidez acutilante que nos conquista e que nos faz querer saber e ver mais sobre si. Numa única palavra... é cativante.
.
9 / 10
.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário