quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Caos Calmo (2008)

Caos Calmo de Antonello Grimaldi conta com a participação de Nanni Moretti naquele que é um drama familiar à italiana com a grande diferença de aqui a dor que nos transmitem não é extravasada como habitualmente vemos num filme italiano, mas sim contida e calma. Tal como o próprio título do filme nos transmite, o caos vem calmo.
Um filme sobre o amor, a entrega e a dedicação. Um filme sobre sentimentos e carências. Um filme sobre as pessoas e especialmente sobre os seus iniciais distanciamentos e as suas aproximações. Sobre o poder de um sorriso ou de um abraço. De um beijo.
Após uma ida à praia onde Pietro (Nanni) salva uma mulher desconhecida de morrer afogada, ao chegar a casa com a sua filha descobre que a sua própria mulher faleceu. No regresso às aulas promete à sua filha que ficará à espera que ela saia das aulas no mesmo local para que ela não fique à espera. É aqui no jardim em frente à escola da filha que Pietro passa a fazer a sua vida. Estabelce contactos e fecha contractos. Vive, conhece e estabelce ligações com diversas pessoas com quem se cruza por entre as árvores e os bancos de jardim.
Em nome da sua filha, e do seu próprio processo de recuperação da morte repentina da sua mulher, isola-se no meio de tanta gente. Talvez ali passe despercebido. Talvez ali ninguém lhe sinta a falta. O resultado verificado é totalmente o inverso e é ali que o "mundo" começa a girar à sua volta. É ali que não só a relação com a sua filha fica mais forte, mas também com o seu irmão e com a sua cunhada.
Um muito bem executado filme da autoria de Antonello Grimaldi e com a interpretação genial de Nanni Moretti e também de Alessandro Gassman (vencedor do Donatello de Melhor Actor Secundário) e Valeria Golino. De destacar ainda uma sóbria e suave banda-sonora da autoria de Paolo Buonvino.


8 / 10

CinEuphoria Prémios'09 VOTAR AQUI

Sem comentários:

Publicar um comentário