sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Flytopia (2012)

.
Flytopia de Karni Arieli e Saul Freed é uma curta-metragem britânica presente nesta sétima edição do MOTELx - Festival de Cinema de Terror de Lisboa. Arieli e Freed em colaboração com Will Self escreve este argumento do género fantástico que nos conta a estranha e quase mórbida relação estabelecida entre Jonathon (Ashley Artus) e todos os insectos que insistem em povoar a sua casa e deixá-lo incapaz de terminar o seu livro.
Os insectos, cada vez em maior número e sedentos de atenção, comunicam as suas intenções a Jonathon e este para encontrar alguma paz terá de ceder aos seus caprichos naquela que será uma relação repleta de moscas, de sexo, de paixão, de morte e de muita carne à mistura, naquele que será um final tão mórbido quanto algumas das cenas que iremos testemunhar.
Esta curta-metragem consegue alcançar uma componente de cinema fantástico interessante ao juntar uma harmoniosa relação entre homem e animal ao seu contexto e estabelecer um universo muito particular onde o "assassino" ganha toda uma nova conotação e que graças à brilhante direcção de fotografia de Mátyás Erdély quase que somos inseridos num universo paralelo que muito se assemelha ao de uma fábula onde os animais ganhas literalmente uma personalidade, desejos e necessidades humanas.
Interessante, sem ser memorável, esta curta-metragem vale principalmente pelos momentos mais cómicos que nos fazem distrair de algo que roça de muito perto a bizarria.
.
.
7 / 10
.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário