quarta-feira, 28 de maio de 2014

Câmara Municipal de Lisboa homenageia a actriz Carmen Dolores

.
Decorreu, no passado dia 23 de Maio, no Jardim de Inverno do Teatro Municipal de São Luiz, em Lisboa, a cerimónia de entrega da Medalha Municipal de Mérito, Grau Ouro, à atriz Carmen Dolores, pelos seus 60 anos de carreira e vida artística de qualidade e consistência, amplamente reconhecidas, tendo acorrido a esta homenagem várias dezenas de amigos e admiradores.
Na ocasião, estiveram presentes a actriz Manuela Machado que declamou o poema “Amizade”, de Alexandre O’Neill, Carlos Avillez e Jorge Listopad, dois encenadores muito presentes na carreira da homenageada, assim como a actriz Natália Luiza que trouxeram testemunhos sobre a vida e carreira de Carmen Dolores.
Depois de receber a distinção das mãos da vereadora do pelouro da Cultura da Câmara Municipal de Lisboa, Catarina Vaz Pinto, que recordou haver esta atribuição sido decidida por unanimidade em sessão camarária no passado mês de Abril, Carmen Dolores agradeceu ao município e referiu-se ao seu empenho no trabalho em prol da Casa do Artista, onde hoje estão tantos "artistas esquecidos". Falando muitas vezes num registo personalizado, dirigido aos muitos amigos e colegas presentes na homenagem, a grande actriz sublinhou a "importância dos afetos" na sua vida e na sua carreira.
De recordar que a primeira participação de Carmen Dolores no cinema foi no filme Amor de Perdição, de António Lopes Ribeiro (1943), sendo que a última participação nos palcos foi com a peça Copenhaga (2003) com encenação de João Lourenço, em televisão participou pela última vez em A Lenda da Garça e Casa da Saudade, ambas do ano 2000, e a sua última participação em cinema remonta já ao ano de 1991 no filme Retrato de Família, de Luís Galvão Teles.
.
.

.

Sem comentários:

Publicar um comentário