sábado, 12 de outubro de 2013

The Lecture (2012)

.
A Palestra de Bruno de Almeida é a curta-metragem de ficção portuguesa que abriu a sessão competitiva nacional da quarta edição do Córtex - Festival de Curtas-Metragens de Sintra que se iniciou napassada quinta-feira no Centro Cultural Olga de Cadaval.
Bill Carson (John Frey) é um professor vindo dos Estados Unidos para Guimarães onde irá realizar uma palestra sobre Edgar Allen Poe. Depois de um jantar com membros da organização, Bill perde-se numa cidade desertificada onde aparece uma enigmática mulher (Ana Padrão) por quem se sente imediatamente atraído.
É quando, no dia seguinte, ninguém parece conhecê-lo que Bill se sente a viver uma paranóia colectiva da qual parece não ter saída. Ou será que afinal ele não é quem pensa ser? Ou será?
Bruno de Almeida consegue recriar através do argumento desta curta-metragem uma interessante premissa que nos insere num universo muito próprio que quase podemos dizer ser verdadeiramente digno de Allen Poe. Alternativo e com uma atmosfera própria de mistério e negra que a cidade de Guimarães consegue ter, entramos numa história que nos leva a perder a noção sobre se estamos, ou não, perante a mente de um homem que se perdeu dentro dela própria, algo que John Frey consegue em diversos momentos reter, não se perdesse tanto em mometos mais ou menos caricatos de uma comédia desnecessária no género.
Se Eduardo Brito se perde num diálogo quase robótico que a sua personagem nos entrega, não é menos verdade que o melhor de toda esta curta-metragem reside, em primeiro lugar, no mistério que Ana Padrão e Marcello Urgeghe transmitem das suas personagens como, em segundo lugar, na envolvente música original de Mário Franco que funciona perfeitamente com a atmosfera que se pretende recriar.
O demais, ainda que bem intencionado e poderia funcionar como o projecto de algo mais longo, precisa de sério desenvolvimento e não ficar apenas pelo óbvio e já explorado factor de "mente perdida no espaço" que não sabe fazer uma diferenciação entre aquilo que é real... e o que não é.
.
3 / 10
.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário