segunda-feira, 16 de julho de 2012

Zombey (2011)

.
Zombey de Jack De La Mare é uma bem disposta curta-metragem britânica que, como o próprio nome indica, perpetua o cinema zombie. E sim, digo bem disposta pois foge um pouco às contínuas mortes dramáticas, aliando-as aqui a um grande sentido de humor. Nunca chegamos a ter medo ou assustarmo-nos com nada, antes pelo contrário, a tensão é aqui do início ao fim dissipada com algum humor nonsense.
Um grupo de amigos foge de uma recente praga zombie e refugia-se numa escola primária que, não para nosso espanto, está infestada com os mortos vivos que assumem aqui várias "personalidades". Desde estudantes a professores passando pelos administrativos e pessoal de limpeza todos aqui são o resultado devastador (ou talvez não) desta epidemia.
Os momentos são sempre fruto de alguma boa disposição e percebemos claramente que desde técnicos a actores não estão à espera de ser glorificados com este trabalho o que faz com que a sua beleza resida exactamente neste aspecto. Se este trabalho fosse para levar a sério, certamente as críticas negativas iriam "chover". Assim aquilo que aqui temos é um bom resultado de entretenimento que nos conseguem quer prender quer distrair ao longo de pouco mais de quarenta minutos onde o humor completamente desprovido de sentido é rei e senhor. E resulta.
Animada e realmente bem disposta esta curta-metragem deve ser vista mais que não seja pelo conjunto de artimanhas efectuadas por este tão singular grupo de sobreviventes que recorre a tudo o que tem à mão (mesmo que seja absurdo) para sobreviver.
.
.
6 / 10
.

Sem comentários:

Publicar um comentário