segunda-feira, 5 de agosto de 2019

Candidato de Portugal aos Goya 2020

.
A Academia Portuguesa de Cinema anunciou hoje o candidato português ao Goya de Melhor Filme Ibero-Americano em 2020.
A Herdade, de Tiago Guedes foi o filme seleccionado por um júri da Academia composto pelos actores Ivo Alexandre e Lídia Franco, pelo realizador João Marco, pelo produtor Mário Patrocínio e pela directora de casting Patrícia Vasconcelos, depois de já ter sido anunciado como parte da selecção do Festival Internacional de Cinema de Veneza e do Festival de Cinema de Toronto tido como um dos primeiros percursores aos Oscars da Academia.
Com estreia prevista para o próximo mês de Setembro, A Herdade marca o regresso do realizador depois de Coisa Ruim (2006), Entre os Dedos (2008) e de Tristeza e Alegria na Vida das Girafas a estrear em Novembro próximo, numa história que narra a saga de uma família portuguesa proprietária de um dos maiores latifúndios da Europa, na margem sul do Tejo, revelando um retrato da vida histórica, política, social e financeira do país desde os anos '40 até à actualidade.
A Herdade tem como actores protagonistas Albano Jerónimo, Sandra Faleiro, Miguel Borges e Victória Guerra contando ainda com as interpretações de João Vicente, Cândido Ferreira, Diogo Dória, Ana Bustorff, Filipe Vargas, Teresa Madruga e João Arrais entre outros.
.
.

.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário