domingo, 15 de maio de 2011

Brother to Brother (2004)

.
De Irmão para Irmão de Rodney Evans é um pequeno docu-drama onde os factos reais são contados não só através da ficção como também de algumas imagens reais e de reconstituíções de alguns acontecimentos.
Perry (Anthony Mackie) é um estudante posto fora de casa após o seu pai ter descoberto a sua homossexualidade. Afastado da família e a trabalhar num refúgio poucas são as ligações que tem com outras pessoas além de um amigo e de algumas relações sexuais ocasionais.
Um dia é abordado por Bruce (Roger Robinson) que mais tarde sabemos ser um dos impulsionadores do movimento cultural do Harlem em Nova York, e surge entre ambos uma amizade que assume contornos de valorização pessoal e humana.
O argumento também da autoria de Rodney Evans consegue ser interessante do ponto de vista histórico-descritivo mas se pararmos para pensar em aspectos de drama e de ficção fica muito aquém do que poderia ser especialmente se pensarmos no pouco desenvolvimento que muitas das suas personagens têm sendo que, em alguns casos, quase não passam de meros figurantes com alguns diálogos.
Outro aspecto que poderia ter sido apresentado com maior e mais cuidada elaboração foi a transição entre os momentos actuais e os do passado... Conseguem, em diversas ocasiões, serem feitas transições que tornam a fluência do filme algo complicada e desastrada.
Se adianta algo de novo? Pessoalmente acho que não. O filme é fácil de se ver e não é nada que nos aborreça ou em que estejamos a pensar que "nunca mais acaba", no entanto também não deixa aquela sensação de termos visto algo de transcendente e que nos irá, de alguma forma, marcar.
É mais um filme... com alguns momentos bem feitos mas não brilhantes e que apenas para um público muito restrito que dê longas vivas a cinema independente irá achar estar na presença de uma obra-prima. Razoável do ponto de vista de um mero espectador.
.
.
4 / 10
.

Sem comentários:

Publicar um comentário