sábado, 29 de junho de 2013

A Vida de Rafi (2013)

.
A Vida de Rafi de Daniela Leitão é um documentário português sobre a conta-cultura do graffiti gravado na íntegra com um smartphone e que, tal como é anunciado, é assim o primeiro a seguir este registo.
Nesta curta-metragem documental acompanhados Rafi, uma rapper, graffiter e empresária que não só se dedica às suas actividades profissionais como também a auxiliar um sem número de animais que vai recolhendo.
Com a casa repleta de animais que vivem em harmonia, sobra-lhe tempo para as suas actividades profissionais onde se destaca com excelência e onde marca também pela diferença e pela feminilidade que, pelo que repara, faz excepção no seu meio.
O graffiti, enquanto contra-cultura e seu modo de se afirmar na sociedade, tal como a própria premissa e significado desta forma de arte explicita, é a marca do "eu" (social) "existo", que teve a sua origem em Carcavelos e que facilmente se difundiu por todo o país, através de uma personalização do espaço público urbano.
Além do tema ser ainda muito pouco explorado no universo cinematográfico nacional, algo curioso considerando que temos alguns dos melhores artistas do género a nível Europeu, este documentário preza ainda pela originalidade da forma como foi filmado sendo que, no entanto, perde um pouco por não ter uma maior duração e exploração da contra-cultura per si. Concordemos ou não com esta forma de arte, o que é facto é que todos nós não deixamos de ter uma vincada opinião sobre a mesma o que dá margem de liberdade ao tema para ser mais explorado em futuras produções do género.
.
.
6 / 10
.

Sem comentários:

Publicar um comentário