quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Palermo Shooting (2008)

Imagens de Palermo é a mais recente produção do realizador alemão Wim Wenders do qual, assumo já, não ser um grande apreciador pois considero que os seus filmes têm boas intenções mas acabam sempre por deixar a pensar não tanto no que são mas sim naquilo que poderiam ter sido. Este não é excepção!

Imagens de Palermo trazia no entanto dois potenciais grande actractivos sendo eles o facto de ser parcialmente filmado em Itália, mais concretamente em Palermo e o segundo ser interpretado pela fenomenal actriz Giovanna Mezzogiorno. E com isto parti à descoberta...

Seguimos a vida de Finn (Campino) um fotógrafo alemão que aparenta ter uma vida sem qualquer rumo ou sentido e saído de uma relação falhada. Uma viagem em trabalho para uma amiga leva-o até Palermo onde conhece Flavia (Mezzogiorno) de quem acaba por gostar. No entanto uma figura o atormenta e persegue dando-lhe sinais de que a sua vida está no final.

Um filme repleto de diversos aspectos simbólicos à morte e à decadência presentes em vários momentos do filme quer na cidade de Palermo, nas obras de arte, nos acidentes, nas histórias. São estes mesmos aspectos que poderiam dar à obra de Wenders o pontapé necessário para que o seu filme passasse de uma hora e meia de movimentações em direcção ao nada para uma obra que pudesse mostrar a morte, o fim ou mesmo até a mudança e que acaba por não ser aproveitado.

Mezzogiorno foi pouco aproveitada, Hopper está lá com as habituais gargalhadas estridentes e Campino (que desconhecia) limita-se a vaguear as suas expressões de alguém que está a reflectir no que se passa... e o filme de facto PASSA.
Aproveita-se a banda sonora... Vários temas interessantes (uns conhecidos outros não) porque de resto o filme consegue ser, por vezes, aborrecido e sem rumo. Sem rumo tal como as personagens que Wenders nos apresenta.




4 / 10

CinEuphoria Awards'09 VOTAR AQUI

Sem comentários:

Publicar um comentário