quarta-feira, 24 de setembro de 2014

But You Are a Dog (2014)

.
But You Are a Dog de Malin Erixon é uma curta-metragem de animação sueca que esteve presente na secção Competição de Curtas-Metragens do QueerLisboa - Festival Internacional de Cinema Queer a decorrer no Cinema São Jorge, em Lisboa.
Nesta animação o espectador é levado a um teatro no qual se prepara um espectáculo. Enquanto se espera deparamos com uma plateia concentrada nos seus próprios problemas mas que, no entanto, consegue ter um pouco de tempo para reparar na invulgar relação entre um homem... e o seu melhor amigo.
Ainda que Malix Erixon nos entregue uma, também ela, invulgar abordagem sobre o que é de facto uma relação e o quão alternativa a mesma pode ser, But You Are a Dog não deixa de ser uma animação interessante pela mensagem que pretende transmitir sem que, no entanto, crie uma proximidade para com o espectador. Com alguns momentos cómicos muito pontuais e com uma abordagem à relação Homem/Animal (aqui óbvio graças ao seu título), não deixa de ser curioso como se retrata uma potencial "relação" entre duas espécies que, em certa medida, mal comunicam. No entanto a abordagem e a analogia aqui recriada conseguem ser vencedoras pela forma perspeciaz e atenta como se interligam e que dão real destaque a uma relação - pouco convencional - forçando o espectador a conscientemente pensar sobre a verdadeira questão: o que é de facto uma relação "normal"?
Sem diálogos e com alguns momentos excessivos, But You Are a Dog é uma daquelas curtas-metragens às quais não ficaremos indiferentes mesmo que a animação, ou até mesmo as suas personagens, não sejam as mais amistosas para se criar um elo de ligação visto que, entre elas, existe também uma própria desmistificação do "papel" que cada uma delas deverá (deveria?) desempenhar.
.
.
6 / 10
.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário