sábado, 4 de agosto de 2018

Mulberry Night (2018)

.
Mulberry Night de Daniel Nordlund e Simon Bergström (Suécia) é uma curta-metragem de suspense centrado numa noite da vida de John (Olle Rönnberg) que, sózinho em casa, vê o seu sossego subitamente interrompido quando uma presença parece ameaçar a sua tranquilidade.
Com uma interessante direcção de fotografia que, na globalidade desta curta-metragem funciona como o seu melhor atributo ao adensar um ambiente que se adivinha tenso e onde as sombras se constituem como uma certa alma viva, Mulberry Night forma-se a um lento passo que tudo parece querer revelar no seu último instante.
Da solitária viagem de regresso a casa sem esquecer a monotonia de um espaço isolado de qualquer sinal de civilização, é o tenso e até mesmo denso final de Mulberry Night que, mesmo sem grande surpresa ou inovação, consegue provocar o tão aguardado clímax e provocar reacção no espectador mais distraído ao apresentar a actriz Janna Jansson cuja personagem "Mary Atkinson" faz literalmente explodir o grande ecrã.
No final, o espectador compreende que não está perante uma obra cujo desfecho seja inovador ou inesperado pois rapidamente se recorda de diversas obras do género cuja conclusão seja próxima desta aqui alcançada com Mulberry Night mas, no entanto, é a segura convicção da sua elaboração que a torna uma obra segura e distinta mesmo que a originalidade não invada estas paragens.
.

.
4 / 10
.

Sem comentários:

Publicar um comentário