terça-feira, 5 de novembro de 2013

Lisbon & Estoril Film Festival 2013: curtas portuguesas em competição

.
Divulgada que está a programação oficial do Lisbon & Estoril Film Festival a decorrer entre 8 e 18 de Novembro no Casino Estoril, Centro de Congressos do Estoril, Cinema Monumental, Cinema Nimas, Casa das Histórias Paula Rego, entre outros, há que destacar também a participação portuguesa presente na edição do festival deste ano, nomeadamente através da homenagem a Jorge Silva Melo, um homem das artes e da cultura que tem trabalhado como encenador, realizador e crítico, através das suas obras E Não se Pode Exterminá-lo? (1979), Passagem ou a Meio Caminho (1980), Ninguém Duas Vezes (1984), Agosto (1988), Xavier (1992) na qual colaborou como argumentista, Coitado do Jorge (1993), António, Um Rapaz de Lisboa (2002), Álvaro Lapa: A Literatura (2008), António Sena: A Mão Esquiva (2009), A Felicidade (2009), Ângelo de Sousa: Tudo o que Sou Capaz (2010), Ana Vieira: E o que Não é Visto (2011) e A África de José Guimarães (2012).
No entanto, estão também presentes duas obras portuguesas a competir, numa secção paralela, ao Prémio MEO - Melhor Curta-Metragem, sendo elas Primária, de Hugo Pedro recentemente galardoada com o Prémio do Júri e com o Prémio do Público na última edição do Córtex - Festival de Curtas-Metragens de Sintra, a ser exibida no dia 15 de Novembro pelas 10 horas no Espaço Nimas, e ainda O Sol Nasce Sempre do Mesmo Lado, de Nuno Matos, recentemente galardoada com o Prémio de Melhor Curta-Metragem do mês de Setembro no Shortcutz Xpress Viseu, a ser exibida no Espaço Nimas dia 14 de Novembro pelas 10 horas, bem como estarão também presentes as curtas Por Favor Não Toques na Minha Afro, de Patrícia Couveiro e Esquizophonia, de André Miranda.
.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário