sexta-feira, 3 de abril de 2015

Mitt Andra Land - O Meu Outro País (2014)

Mitt Andra Land - O Meu Outro País de Solveig Nordlund é um documentário luso-sueco em formato de curta-metragem e consagrado ontem como vencedor do Sophia da Academia Portuguesa de Cinema na respectiva categoria.
Este documentário de Solveig Nordlund não só é interessante pela forma como documenta o pré e pós-Revolução do 25 de Abril como o é por chegar numa época em que todos os valores e Direitos conquistados então são questionados por toda uma "elite" que agora se encontra (uma vez mais) no poder.
O olhar conferido pela realizadora sueca residente há décadas em Portugal sobre o país é, no mínimo, curioso. Curioso pela forma como é possibilitado ao espectador olhar para o seu próprio país através de uma perspectiva então exterior como principalmente por abordá-lo - ao país - não de uma forma redutora mas sim com a curiosidade de como se observasse algo imaginado e irreal. De um país calmo e perdido no tempo - e de certa forma também no espaço - para o Portugal da Democracia e da Liberdade conquistados em '74 onde, tal como referido em Dina e Django uma das obras da realizadora referidas neste documentário - "deixámos tudo para trás, só o futuro importa".
No entanto, e numa época em que tudo é curiosamente - ou talvez não - questionado e o que fora em tempos conquistado é agora apresentado como um privilégio ou luxo que não deverá estar ao alcance de todos, Nordlund apresenta-nos esta obra onde o passado e o presente colidem. Onde o espectador vislumbra o cinzento passado com os olhos de alguém que já viveu uma boa parte da sua vida nos tempos onde realmente tudo está - ou deveria estar - ao alcance dos seus dedos deixando no final apenas uma questão: estamos passivamente dispostos a perdê-lo?!
.
8 / 10
.

Sem comentários:

Publicar um comentário