quarta-feira, 20 de março de 2019

The War of the Worlds (2018)

.
The War of the Worlds de Manuel Brito (Portugal) é uma curta-metragem de animação que recupera no estilo muito próprio de colagem de imagens a famosa emissão radiofónica d'A Guerra dos Mundos de Orson Welles.
Fugindo à tradição da animação tradicional, Manuel Brito recria através de um conjunto de colagens de imagem real o ideal de uma guerra ficcionada revelando através das mesmas aquilo que será o imaginário de uma potencial invasão e do conflito armado que dela derivou. Desprovido de uma real ligação entre imagem e contexto, esta curta-metragem consegue ilustrar todo o pânico e incerteza de um conflito militar entre o que conhecemos e aquilo que imaginamos que a emissão radiofónica nos transmite, colocado o espectador num emocionante e original impasse até agora desconhecido.
Longe dos artifícios, hoje datados, da obra original ou do sucesso que os efeitos especiais conferiram à obra de Steven Spielberg, The War of the Worlds de Manuel Brito capta o essencial quer do conto quer do pânico que este gerou assim como inova o género de animação centrando-se num misto desta para com a ficção sem que, no entanto, perca o essencial da sua narrativa ou disperse para um qualquer lugar comum que o espectador pudesse equacionar ao pensar que "já vira algo do género" para, já no final, se deparar com um cenário desolado fruto de um conflito armado que para lá de civilizações opôs dois universos distintos.
Inovador, original e francamente bem estruturado dentro de toda a sua genial loucura, esta curta-metragem de Manuel Brito coloca-o no centro de um interessante criador cinematográfico como, ao mesmo tempo, num artista plástico sob observação ao conseguir criar todo um universo conhecido do espectador cinéfilo mais atento, através de imagens "coladas" que provêm de contextos potencialmente desconhecidos ou menos mediáticos.
.
6 / 10
.

Sem comentários:

Publicar um comentário