quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Hotel Bellevue (2014)

.
Hotel Bellevue de Claire Walka é um documentário alemão em formato de curta-metragem que relata a "vida" do hotel que dá nome à curta-metragem, situado na antiga fronteira entre a República Democrática Alemã e a República Federal Alemã e que serviu de cenário privilegiado às antigas tensões que se sentiam entre os dois blocos geopolíticos.
Numa viagem pelo tempo que se inicia na ida década de 60 do século passado, Hotel Bellevue recorre não só a entrevistas como também a imagens e fotografias do passado da família fundadora do hotel para o enquadrar não só na já referida linha entre dois blocos como ao mesmo tempo insere o espectador nos propósitos e fundamentos da família que o inaugurou.
Actualmente, afastadas todas e quaisquer tensões políticos no centro da Europa, o Hotel Bellevue funciona como um atractivo hotel campestre que estivalmente enche os seus quartos de uma clientela preferencialmente mais idosa que ali recorre graças à tranquilidade que o cenário natural oferece naquela que é uma clara transição entre a tradição do passado e a mudança que o presente e um futuro incerto oferecem.
Interessante enquanto um documento histórico - pois de todos as pequenas histórias e momentos se faz a História -, Hotel Bellevue é um assertivo documentário que apesar do sensível período que em boa parte retrata não aprofunda muito as pequenas nuances da época ou histórias pessoais que, eventualmente, por ali se cruzaram não deixando, no entanto, de se afirmar como um importante marco a ser consultado por aqueles interessados no período histórico em questão.
.
7 / 10
.

Sem comentários:

Publicar um comentário