terça-feira, 19 de agosto de 2014

Alien, no one saw this coming... novo filme de Cláudio Jordão

.
A apresentação deste filme e comentário serão feitos de forma um pouco diferente do que tem sido feito até agora.
Sem identificar o título desta nova curta-metragem de Cláudio Jordão, vou apenas referir que a mesma foi elaborada tendo em mente o universo Alien que Ridley Scott iniciou em 1979 a partir do exacto momento em que a Tenente Ripley, interpretada por Sigourney Weaver, expulsa o monstro que dizimou toda a tripulação da Nostromo da pequena nave em que tenta fugir.
O que lhe terá acontecido - ao monstro - depois de Ripley o ter alvejado com um arpão lançando-o assim à deriva no infinito do espaço? Que melhor forma de celebrar o 35º aniversário de Alien do que abrir novamente a porta sobre este universo e questionarmo-nos sobre aquilo que poderá (ou não) ter acontecido ao mesmo?!
Com mais uma animação perfeita - à semelhança do que já nos havia entregue com Conto do Vento - Cláudio Jordão dirige uma curta-metragem intensa e muito fiel não só ao universo Alien como àquele da ficção científica que é aperfeiçoada com uma música original/som de João Frias e Sílvio Macedo que criam a atmosfera perfeita para este filme.
No final o espectador mais atento - e claro aquele que é fã - pergunta-se no porquê deste universo não ser recuperado com tanta intensidade e tensão como estes breves quatro minutos nos entregam pois qualquer um de nós (des)espera por uma nova entrega desta saga.
.

.
8 / 10
.

Sem comentários:

Publicar um comentário