quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Shadows (2011)

.
.
Sombras de Nuno Dias é daquelas surpresas estrondosas que o panorama nacional de curtas continua a entregar sem cessar.
Ela (Rita Martins, de quem não me canso de falar bem pelo seu enorme potencial) vagueia por uma planície quando vislumbra um homem a cair no chão. O seu primeiro instinto é ver o que ele transporta e não propriamente ver se existe alguma réstia de vida naquele homem. O que vê agrada-a e rapidamente tenta desaparecer quando percebe que aquele homem estava a ser seguido por Ele (Ruben Garcia).
Ela foge... aparentemente consegue... até ao momento em que ele surge novamente. Lutam... E o resto têm de ver...
Esta curta que já vi por duas vezes é francamente interessante. A fotografia é logo o primeiro dos aspectos a considerar pois é ela muitas vezes que impede os actores e a história de brilharem. Aqui tudo está bem colocado. Especialmente os momentos passados à noite que com a quantidade de luz suficiente não nos deixa perder com outros detalhes pouco relevantes para a história. Ali seguimo-la até ao fim.
A interpretação de Rita Martins está àquilo que sempre espero dela... o melhor. A sua expressividade é excelente e conseguimos perceber e sentir os seus pensamentos a todo o momento.
O desfecho desta extraordinária curta não poderia ser melhor e não consigo deixar de tecer um paralelismo entre a sua situação e a do homem que ficou na planície... Acabam os dois da mesma forma... sem ajuda... aqueles que testemunham o seu fim ficam indiferentes à sua situação.
Ao realizador Nuno Dias... se esta curta é dos primeiros trabalhos... não posso deixar de esperar pelos próximos pois com esta... promete. Venham mais e rapidamente!
.
9 / 10
.

Sem comentários:

Publicar um comentário