sexta-feira, 23 de maio de 2014

El Alpinista (2014)

.
El Alpinista de Oriol Segarra e Arián Ramos Alba - também em funções de argumentistas - é uma curta-metragem espanhola de ficção que transporta o espectador para as distantes paragens dos Himalaias... ou talvez não.
Correm rumores de que o Yeti tem sido avistado e um Alpinista (Manuel Buján) juntamente com o seu Assistente (Miguel de Cruz) lançam-se nos tortuosos caminhos montanhosos à sua procura. Irão encontrá-lo ganhando assim a Medalha de Honra dos Alpinistas?!
Num misto de loucura e genialidade, El Alpinista consegue uma divertida história que transporta o espectador para um suposto cenário longínquo mas que se desenrola nas traseiras da sua casa - sendo esta em Madrid. Recorrendo assim a elementos que nos colocam na montanha, nomeadamente às cordas e demais equipamento de alpinismo ou até a cenários "naturais" de uma Madrid ocidental - Calle la Colina ou Calle Cordillera - os realizadores de El Alpinista têm ainda a divertida ideia de filmá-las em plano inclinado criando - graças a muita imaginação - a sugestão de que o espectador se encontra realmente numa montanha.
É, no entanto, quando o "Yeti" é finalmente encontrado que o espectador esboça um sentido sorriso ao observar como se cria uma figura mítica com tão pouco esforço - para lá do mental. Genial pela forma como se reage ao desconhecido - de ambas as partes - bem como pela forma como em breves minutos se consegue criar uma história com referências invulgares do meio em que se pretende inserir bem como pela inteligência mordaz com que se apresenta um trabalho invulgar utilizando unicamente referências, elementos familiares e muita imaginação.
Um último apontamento positivo para a sóbria boa disposição de uma simples mas inspirada interpretação de Belén Puerta que assume a personagem com elevado requinte.
.

9 / 10
.

Sem comentários:

Publicar um comentário