sábado, 7 de novembro de 2015

Primero las Personas (2014)

.
Primero las Personas de Juan Carlos Fita é um documentário espanhol em formato de curta-metragem que nos relata a determinação de quatro pessoas percorrerem cem quilómetros por uma causa em trinta e duas horas testando os limites das suas resistências físicas e psicológicas. A causa em questão prende-se com um alerto para com a falta de água em determinados lugares do mundo e esta distância percorria é a mesma que algumas mulheres em África percorrem para transportarem água para as suas aldeias.
Assim, Paco Juan, Micky Ramírez, Nacho Rabanaque e Mariano Martín iniciam uma viagem repletos de ânimo e convicção onde o riso e a boa disposição reinam mas que, aos poucos e graças ao peso doa quilómetros percorridos que se faz sentir, perdem aquela determinação inicial fazendo-os, no entanto, compreender os dramas reais de milhares de pessoas espalhadas pelo globo para questão tão pertinentes como aquela que aqui defendem e as suas limitações físicas pelo esforço e privação daquele que é provavelmente o bem mais precioso do planeta.
De forma participativa por parte do espectador e didáctica por parte da equipa que constrói esta curta-metragem, é lançado um alerta sobre estes problemas com os quais uma sociedade dita "ocidental" não se depara relativizando os mesmos enquanto consegue de forma engenhosa - pelo pressuposto da missão em causa - inserir este grupo de pessoas na real dimensão de tarefas que são para outros diárias, através daquilo que é uma prova desportiva que os obriga a percorrer semelhantes distâncias.
Sem um fim pensado - no sentido de não se saber prever qual o desfecho ou desistências desta missão - Primero las Personas triunfa por se inserir num âmbito social e conseguir criar um (mais um) alerta ou consciencialização sobre aquilo que todos nós temos garantido com um simples abrir de uma torneira e que poderá, de forma inteligente, tornar-se numa peça fundamental de ensino e sensibilização.
.
7 / 10
.

Sem comentários:

Publicar um comentário