sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Like Father, Like Daughter (2012)

.
Like Father, Like Daughter de Dan Fry é uma curta-metragem de origem anglo-australiana que nos conta os pensamentos de um pai (Dan Fry) que vai conhecer a sua filha (Cara-Lee Wiese) pela primeira vez já tendo esta dezasseis anos de idade.
No entanto à pressão deste primeiro contacto juntam-se também os seus segredos que o levaram ao afastamento da família bem como um segredo que a filha também guarda e que os unirá de uma estranha forma.
O potencial desta curta-metragem é evidente pois dentro de um argumento pouco explorado e filmado, a trama é, claramente, o seu ponto forte e que poderia ter transformado este trabalho numa intensa história dramática e com uns leves toques de mistério que o adensariam através dos pensamentos da personagem principal que são uma presença constante do início ao fim. No entanto, a preocupação em os filmar convenientemente torna-se dispersa nunca centrando a atenção em nenhum deles e apenas dando leves indícios sobre o que serão os segredos que cada um esconde, uns mais outros menos óbvios.
Interessante do ponto de vista da sua premissa mas pobre na sua concretização final bem como nas interpretações que nunca chegam a entregar o potencial que as suas personagens "escondem".
.
3 / 10
.

Sem comentários:

Publicar um comentário