terça-feira, 16 de outubro de 2012

Princesa (2012)

.
Princesa de Fábio Gonçalves, que também assina o argumento, é uma simpática e muito interessante curta-metragem que começa com um homem que foge (aparentemente) das autoridades após o que pensamos ser mais um dos seus actos criminosos.
Mas nem tudo o que aparenta... é.
Além da execução deste trabalho estar simples e muito eficaz pois consegue transmitir a sua mensagem através de um pequeno "twist" final que não esperavamos, é agradável perceber que as grandes histórias são também por vezes contadas num formato temportal mais reduzido como aqui temos.
A junção de dois temas aparentemente tão distantes como a acção e o drama resultam aqui na perfeição. Nos primeiros instantes desta curta-metragem somos levados a pensar que aquele homem não passa de um qualquer fora-da-lei que acabou de realizar o seu mais recente esquema. No entanto, com o avançar da acção percebemos que afinal os seus propósitos são bem mais dignos do que aqueles que inicialmente somos levados a pensar, naquilo que resulta num simpático e comovente final que acaba por fazer valer toda a curta que, já por si, se revelou desde o início bastante interessante.
Do realizador apenas posso avançar que tem mostrado um constante nível qualitativo nos seus trabalhos que parecem amadurecer saudavelmente à medida que o tempo passa, e do qual apenas podemos esperar (pelo que aqui temos recebido) mais e cada vez mais consistentes trabalhos.
Se há curtas que devem ser "coroadas", esta Princesa já tem com toda a certeza o seu lugar no trono.
.
7 / 10
.

Sem comentários:

Publicar um comentário