terça-feira, 30 de junho de 2015

El Efecto Barrymore (2015)

.
El Efecto Barrymore de Federico Calabuig é uma curta-metragem espanhola de ficção que nos apresenta dois amigos Rafa (Andres Acevedo) e Rocío (Beatriz Arjona). Numa amena conversa Rafa revela que nunca foi beijado. Rocío não acredita pois o seu amigo é atraente e já manteve relacionamentos com várias mulheres. Mas... que intenções terá Rafa para revelar o seu segredo?
Calabuig escreve mais um argumento que se centra nas relações entre amigos e as cumplicidades que se formam entre si e que permitem todos os desabafos e confidências mais íntimas. Aqui, a história - e o título desta curta-metragem - remetem-nos para Never Been Kissed, de Raja Gosnell, (1999) - um sucesso imediato nos idos anos 90 - onde uma ora tímida e inadaptada ora esfuziante Drew Barrymore nunca havia sido beijada por aquele que considerava o rapaz perfeito.
Os nossos protagonistas repetem esse êxito mas de uma forma não tão inadaptada como a de Barrymore. Tanto "Rafa" como "Rocío" são dois amigos que escondem - ou por medo da rejeição ou até mesmo da sua confirmação - essa mútua atracção e que seguiram as suas vidas sem nunca pensar nos "e se..." que esta relação podia reservar para lá da óbvia amizade que os une. Não tão inadaptada como a de Barrymore pois confirma-se que as suas vidas já os levaram a outras relações - meramente sexuais - e que o espaço reservado ao "amor" foi sempre preservado para a possibilidade de um dia se confirmar uma aproximação entre ambos.
Pelo meio da mentira - inofensiva - e das pequenas brincadeiras que as trocas de olhares confirmam, o desejo está explícito nos seus comportamentos e nas suas forma de estar... na sua linguagem corporal que assume a vontade e que a atracção não é meramente ficcional.
El Efecto Barrymore confirma não só a possibilidade de contar uma história bem escrita e muito bem interpretada - um aplauso a Acevedo e Arjona - como principalmente a coerência de sentimentos que, uma vez mais, Calabuig transmite com as suas palavras e direcção sem nunca esquecer o lado inocente com uma pitada de desejo e principalmente tudo filmado com o intuito de deixar no espectador um simpático sorriso.
.
.
7 / 10
.

Sem comentários:

Publicar um comentário