segunda-feira, 22 de junho de 2015

Helen Mirren homenageada pelo World Jewish Congress

.
A vencedora de um Oscar Helen Mirren - pelo filme The Queen - foi galardoada pelo Congresso Mundial Judaico com um Prémio de Reconhecimento pela sua interpretação no filme Woman in Gold, de Simon Curtis.
Num evento celebrado na Neue Galerie, em Nova York, Ronald S. Lauder - Presidente do CMJ - refere que é "graças à a espantosa interpretação de Helen Mirren que desencadeia uma vez mais a discussão junto do público internacional sobre este legado particular da Segunda Guerra Mundial que ainda não foi devidamente resolvido por muitos governos e museus".
Woman in Gold segue a história de Maria Altmann, uma austro-americana que ocupou os cabeçalhos da comunicação social graças à sua batalha legal contra o governo austríaco ao reclamar cinco obras de Gustav Klimt - incluindo o Retrato de Adele Bloch-Bauer I sobre o qual se refere este filme - que foram roubadas à sua família pelos nazis durante o conflito mundial.
Ao receber este troféu Mirren refere que "fazer parte deste filme e preservar o legado de Maria Altmann foi uma experiência excepcional desde o seu início (...) Estou profundamente emocionada por receber este prémio do Congresso Mundial Judaico, uma organização que faz um trabalho extremamente importante por todo o mundo ao advogar os direitos dos judeus".
Woman in Gold estreou em Portugal no passado dia 4 de Junho com o título Mulher de Ouro.
.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário