domingo, 28 de julho de 2013

Tons de Cumplicidade (2013)

.
Tons de Cumplicidade de Mostarda Criativa é mais uma das curtas-metragens que foram produzidas em Viseu durante o 48 Short Media que ali decorreu no final do passado mês de Junho.
Ele (Pedro Nabais) e Ela (Elisabeth Cunha) são apresentados com a nitidez de uma perda recente. Pequenos e breves momentos sem uma continuidade "lógica" de quem amou e foi amado e que agora aparenta estar só.
Ele e Ela percorrem o campo onde pintam pequenos quadros. Os retratos das suas memórias e tempos passados em comunhão que ali, em conjunto, compõem as recordações que permanecem desses dias, denotando uma óbvia e evidente cumplicidade entre ambos.
De repente somos surpreendidos com uma súbita passagem para uma sala onde alguém escreve à máquina, terminando de seguida com a frase "o poeta é um fingidor". Fica lançada a dúvida sobre se aqueles belas imagens são as memórias de alguém ou se apenas uma ficção na mente de um poeta! Conseguirá alguém fingir sentimentos tão nobres de uma forma tão espontânea?
A cumplicidade entre os dois actores sente-se desde o início pelo que constitui um dos elementos mais positivos desta curta-metragem, assim como a sua excelente direcção de fotografia que nos mantém em suspenso pelo facto de sentirmos que estamos a assistir às memórias de alguém que em tempos esteve (estará?) apaixonado.
Simples, sem diálogos ou intenções exteriores à transmissão real de um sentimento, esta curta-metragem consegue surpreender pela positiva deixando ainda o campo em aberto para podermos fantasiar sobre o que será de facto real; a memória ou a imaginação que alguém tem e que compõe um retrato positivo sobre um momento passado... ou imaginado.
.

.
7 / 10
.

Sem comentários:

Publicar um comentário