sábado, 27 de abril de 2013

Festival de Cinema Espanhol de Málaga 2013: os vencedores

.
Secção Oficial
Biznaga de Oro: 15 Años y Un Día, de Gracia Querejeta
Prémio Especial do Júri: Ayer No Termina Nunca, de Isabel Coixet
Melhor Realizador: Rodrigo Sorogoyen, em Stockholm
Melhor Actriz: Candela Peña, em Ayer No Termina Nunca e Aura Garrido, em Stockholm
Melhor Actor:  Mario Casas, em La Mula
Melhores Actores Secundários: Elenco de Casting
Melhor Argumento: Gracia Querejeta e Antonio Santos Mercero, em 15 Años y Un Día
Melhor Banda-Sonora: Pablo Salinas, em 15 Años y Un Día
Melhor Fotografia: Jordi Azategui, em Ayer No Termina Nunca
Melhor Montagem: Jordi Azategui, em Ayer No Termina Nunca
Melhor Primeiro Argumento: Isabel Peña e Rodrigo Sorogoyen, em Stockholm
Prémio do Público: Diamantes Negros, de Miguel Alcantud
Prémio do Júri da Crítica: 15 Años y Un Día, de Gracia Querejeta
.
Secção Documentários
Prémio do Público: Pepe el Andaluz, de Alejandro Alvarado e Concha Barquero
Prémio Especial do Júri: El Impenetrable, de Daniele Incalcaterra e Fausta Quattrini
Biznaga de Oro: A la Sombra de la Cruz, de Alessandro Pugno
Biznaga de Plata: Palabras Mágicas, de Mercedes Moncada Rodríguez
.

Sem comentários:

Publicar um comentário