sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Blarghaaahrgarg (2010)

.
.
Blarghaaahrgarg de Nuria Bernardo tem a vantagem logo inicial de ter a presença de uma actriz que muito admiro... a grande Adelaide João.
Zeca Galhão (Dinarte de Freitas), de si só já com um nome que dito rápido... é um triste e solitário tipo que vive em casa da avó (Adelaide João) e que trabalha como exterminador de insectos e ratos. Um dia durante um dos seus trabalhos algo corre mal e, sem saber, leva para casa algo que se irá desenvolver como um dos maiores e mais vis monstros alguma vez vistos.
Pontos fortes? Todos. Esta curta-metragem de ficção fez-me lembrar alguns daqueles filmes série B onde monstros e afins conseguem ser duros de roer e dar cabo de muitas e muitas vítimas inocentes com quem cruzam caminho. Isso só por si já é argumento suficiente para ns conseguirmos distrair com qualidade, mesmo que a do monstro não seja a melhor mas quanto mais nojento melhor, e claro se juntarmos a isto o facto de que a dada altura é só sangue e mutilações pelo meio num perfeito espectáculo gore... então aí está sim tudo dito.
Esta curta extá excelente e é bom perceber que é à custa desta e de outros do género que existe uma verdadeira corrente de terror e do fantástico no cinema nacional que apesar de desconhecido dá bons exemplos de qualidade e de trabalhos bem feitos. Venham mais!!!
.
8 / 10
.

Sem comentários:

Publicar um comentário