terça-feira, 27 de novembro de 2012

Playing in Darkness (2009)

.
Playing in Darkness de Alexander Roman é uma estranhíssima curta-metragem norte-americana que nos transporta para um sinistro apartamento onde Benjamin (interpretado por Alexander Roman) e Bree (Ursula Vari), uma ainda mais estranha mulher com tiques pouco convincentes de sedução, tentam aliciar uns quantos universitários para se deixarem corromper através de sexo, alcoól e muita droga, conquistado assim as suas almas.
Digo que é uma estranha curta-metragem porque além das interpretações serem tão más que quase tocam no absurdo e no ridículo (concentremo-nos no riso absurdo de um dos universitários para pensar na "veracidade" que a sua interpretação está a alcançar), o próprio ambiente em si é altamente duvidoso dando em diversas ocasiões a leve impressão que vamos começar a assistir a um filme pornográfico muito manhoso.
Música quase do princípio até ao final e muitos momentos de sedução que... não o são, e stá tud dito sobre esta curta-metragem que a meio gás quer ainda dar a ideia de que estamos a atravessar uma qualquer trip psicadélica.
Se o Diabo realmente existisse, estou convencido que olhava para esta curta-metragem e muito provavelmente fugiria de medo.
.
1 / 10
.

Sem comentários:

Publicar um comentário