domingo, 20 de novembro de 2016

Landing (2016)

.
Landing de Filipe Martins é uma curta-metragem experimental portuguesa presente na Selecção Oficial - Em Competição da XXIIª edição dos Caminhos do Cinema Português que decorrem até ao próximo dia 26 de Novembro, em Coimbra.
Num cruzamento coordenado e coreografado entre diversas personagens, o espectador acompanha uma dança de sedução e cumplicidade que contam uma história através dos gestos e movimentos corporais em perfeita sintonia. De um terminal de comboios aos interiores de palácios ou salas de espectáculo alternativo, Landing cruza géneros - sempre dramáticos - tendo como seu elemento principal o corpo dos seus intérpretes que, como uma máquina, funcionam na interdependência da sensibilidade, sensualidade e erotismo.
Entre a luta e a violência, entre o exibicionismo (dos intérpretes) e do voyeurismo (do espectador), o ritmo oscila entre momentos de uma paixão mútua e a luta pelo poder numa relação que parece encadeada entre elementos.
Interessante enquanto uma aposta de um cinema alternativo que cruza diferentes artes - do cinema à dança sem esquecer a representação performativa - Landing funciona mais como um espectáculo de ballet ou dança contemporânea do que propriamente como uma obra cinematográfica com uma história por contar.
.
3 / 10
.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário